quinta-feira, 22 de junho de 2017

Qual o Assunto?

*
Qual o assunto
Que brota do mundo
Muita coisa a fazer
Sem tempo a perder
Basta ver
Há muito o que aprender
(Eneida Freire)
*

domingo, 18 de junho de 2017

Apressa

*
Com pressa
Muita pressa
Parece que tudo ao mesmo tempo se expressa
A gente se apressa
Mas não se estressa
E tudo o mais se acerta
(Eneida Freire)
*

sábado, 17 de junho de 2017

Encha-se de Graça

*
Aproveita a lua cheia
Pra ficar cheia de graça
Pra ficar cheia de marra
Descontraia!
Honra à raça
Encha-se de graça
Tudo passa
A fase da lua passa
A vida depressa passa
Aproveita!
Encha-se de graça
(Eneida Freire)
*

sexta-feira, 16 de junho de 2017

Sinta-se Abençoado

*
Sinta-se abençoado 
Não se perca em pensamento atrasado
Não se sinta ilhado
Faça-se reprogramado
Deixe que o melhor lhe seja instalado
Permita-se
Sinta-se abençoado 
(Eneida Freire)
*

quinta-feira, 15 de junho de 2017

Sabedoria da Sobriedade

*
De vez em quando a seriedade 
De vez em quando ela vem e bate
Mas a gente assume ou rebate
Conforme a necessidade
Essa é, na verdade
A sabedoria da sobriedade
(Eneida Freire)
*

sexta-feira, 12 de maio de 2017

segunda-feira, 8 de maio de 2017

Valorize-se

*
Valorize-se 
Experimente
Quando a gente gosta da gente 
Tudo fica diferente
O mundo fica mais quente
Independentemente
Acalente-se
(Eneida Freire)
*

domingo, 7 de maio de 2017

Na Vida, Uma Graça

*
Encontrando-se na vida uma graça
E não deixando que se corroa pela traça
Inverno vem, inverno passa
E a pessoa permanece na graça
(Eneida Freire)
*

quarta-feira, 3 de maio de 2017

As Sombras Se Desencantam

*
Quando as vidas se levantam
As sombras se espantam
Como que se desencantam
Coisas boas a nós se imantam
Verdadeiramente se comunicam
Realmente nos magnetizam
(Eneida Freire)
*

terça-feira, 2 de maio de 2017

Falar Nada

*
Tem dia em que não se quer falar nada
Tem dia em que se quer ficar calada
Tem dia em que a fala parece que não serve pra nada 
Melhor ficar calada
Que a fala mal interpretada
(Eneida Freire)
*

segunda-feira, 24 de abril de 2017

A Vida Pode Ser Cor de Rosa

*
Sua vida pode ser cor de rosa
Basta que com ela tenha uma prosa
Analisa e escolha
A pessoa que vence a demanda
É aquela que com sua banda
Expande sua consciência 
Consigo mesma se realiza
A tempestade dobra
E transforma em uma brisa
(Eneida Freire)
*

sexta-feira, 7 de abril de 2017

O Que se Sucedeu?

*
A sensação esquisita
Que deixa a gente aflita
Mesmo que a pessoa reflita
Todo o mundo se perdeu
Apenas eu
Ou o que se sucedeu?
(Eneida Freire)
*

quarta-feira, 5 de abril de 2017

terça-feira, 4 de abril de 2017

De Vez Em Quando Eu Paro

*
Nem as luzes ajudaram
Pois o dia já ia claro
A vida já em amparo
Fenômeno raro
De vez em quando eu paro
(Eneida Freire)
*

quinta-feira, 9 de março de 2017

sábado, 4 de março de 2017

Melhor no Espelho

*
Comigo é preto no branco
Mas tem hora em que o preto no vermelho
Reflete melhor no espelho
(Eneida Freire)
*

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2017

terça-feira, 31 de janeiro de 2017

As Coisas se Acomodariam

*
As férias se iniciam
Mas os trabalhos não se distanciam
Os processos não se adiam
Luzes se irradiam
Então nos auxiliam
Sabíamos que nos ajudariam
Que nos apoiariam
E todas as coisas se acomodariam
(Eneida Freire)
*

terça-feira, 24 de janeiro de 2017

Energia e Encantamento

*
Ao fundo pode haver preto
Fechado 
E até assombrado
Mas flores vermelhas são a alegria do momento 
Oferecerem energia e encantamento 
(Eneida Freire)
*

domingo, 22 de janeiro de 2017

sábado, 21 de janeiro de 2017

Deixar Acontecer

*
Porque é que a gente não para de correr?
A gente sente que tudo fica a ferver
Com caminhos diferentes a escolher
E a gente tem muito a perder?
É melhor a gente entender
Que precisamos ativar nosso poder
Saber que o que venhamos a querer
Precisamos acreditar pra receber 
E então deixar acontecer
(Eneida Freire)
*

quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

Ano Novo

*
O Ano Novo 
É realmente novo
Quando a gente 
Não somente
Faz de novo
Isso seria engodo
Mas quando se tem em mente
Que deve-se fazer diferente
Isso é verdadeiramente novo
Vá em frente
Enfrente 
Feliz Ano Novo!
(Eneida Freire)

sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

Coisa Meio Antiga

*
Uma coisa meio antiga
Um tanto quanto romântica 
Mas com o moderno não briga
Pois a coisa delicada
O coração abriga
(Eneida Freire)
*

segunda-feira, 9 de janeiro de 2017

sábado, 7 de janeiro de 2017

Espaço Para o Novo

*
As curvas vem vindo
Novos caminhos se descortinando 
Os cachos assumindo
A vida fluindo
Nem tanto interferindo
Deixando a vida seguindo
Sofrimentos diminuindo
Certas questões aceitando
Outras tantas administrando
O mundo exterior se acalmando
A mente, mundo interior, serenando
Para que então o próximo ano possa vir começando 
Com espaço para o novo vir chegando
(Eneida Freire)
*

quarta-feira, 4 de janeiro de 2017

Necessários Resgates

*
Mudanças
Relutâncias 
Das nossas realidades
Imensas distâncias 
Grandiosos debates
Necessários resgates
Somos sobreviventes
Com forças ardentes
(Eneida Freire)
*

segunda-feira, 2 de janeiro de 2017

Para Mudar

*
Tanta coisa para mudar
A vida se põe a balançar
A gente se deixa embalar
Não para se fechar
Mas para ver tudo se acomodar
Deixa estar
A minha parte não deixo passar
A vida é um eterno bailar
(Eneida Freire)
*