quarta-feira, 5 de outubro de 2016

Alguma Coisa Sacrificada

*
A vida estava tão agitada 
Que não escrevi nem nada
Não tive a hora da parada
Alguma coisa teria que ser sacrificada
Para manter-me equilibrada
(Eneida Freire)
27/09/2016
*

Nenhum comentário: