terça-feira, 29 de setembro de 2015

Amor Grego

*
Estive analisando o amor grego
Pensei no Eu e no ego
Qual fórmula emprego?
Coração, mente ou estômago?
Apetite, gratuidade ou intelecto?
Que o estômago não faça um rombo
Que o intelecto não tenha descrédito
Que o coração tire o eu da equação
Analisando o amor grego
Buscando um bom emprego
Da consciência o encargo
(Eneida Freire)
18/08/2015
*

segunda-feira, 28 de setembro de 2015

Pensamento em Ação

*
Mudança ou adaptação
Eis então a questão
Observando cada situação
Verifica-se a exatidão
Do pensamento em ação
Que com toda a força da sua expressão
Não se deve entregar à incorreção
Antes empregar a conscientização
Ajustar a direção
E partir para a realização
(Eneida Freire)
17/08/2015
*

A Força da Comunicação

*
A força da comunicação
Depende da compreensão
De que a boa informação
Auxilia na transformação
É um meio de ligação
Entre almas a interação
Faça boa utilização
(Eneida Freire)
16/08/2015
*

sábado, 26 de setembro de 2015

Admira a Natureza

*
Com leveza
Aprecia-se a natureza
Com certeza
Só admira da vida a beleza
Quem tem olhos que a veja
(Eneida Freire)
16/08/2015
*

Como Um Abraço Amigo

*
Quando o ser se vê impelido
A se deixar protegido
Então busca um abrigo
Coração refugiado
Num elemento divino
Disposição do espírito
Que retira o conflito
Que socorre o aflito
Como um abraço amigo
(Eneida Freire)
14/08/2015
*



sexta-feira, 11 de setembro de 2015

Coisa Inesperada

*
Quando a coisa é inesperada
A pessoa é surpreendida
Melhor que não se deixe envolvida
Que se torne equilibrada
(Eneida Freire)
13/08/2015
*

quinta-feira, 10 de setembro de 2015

Preferências

*
Revitalizemos nossas referências
Falemos de nossas preferências
Exercitemos as indulgências
Melhor nos valermos das tolerâncias
Do que de arroubos e estravagâncias
Evitemos reticências
Estabeleçamos positivas preferências
(Eneida Freire)
12/08/2015
*



 

quarta-feira, 9 de setembro de 2015

Relevância

*
Não deixe de prestar atenção
Ao que na verdade tem importância
Ao que na vida tem relevância
Aprenda a buscar sustentação
Nos sinais à disposição
(Eneida Freire)
11/08/2015
*

terça-feira, 8 de setembro de 2015

Segura a Sua Cura!

*
Tudo o que você trabalha
Aquilo você segura
Se você se sente insegura
Não segura a sua cura
(Eneida Freire)
10/08/2015
*

sexta-feira, 4 de setembro de 2015

A Força

*
A força que se esboça
É a força que a gente endossa
Basta planear
E aquilo que mentalizar
Com toda a força irá se expressar
(Eneida Freire)
08/08/2015
*


quinta-feira, 3 de setembro de 2015

Coisas e Coisas

*
Tem coisa que a gente inventa
Tem coisa que apenas venta
Tem coisa que vem e a gente não desvenda
Tem coisa que já se instala quando chega
Cabe à gente desmembrar
Cabe à gente qualificar
Cabe à gente calibrar
Cabe à gente equilibrar
(Eneida Freire)
07/08/2015
*

quarta-feira, 2 de setembro de 2015

Quando o Sonho é Estranho

*
Quando o sonho é estranho
Torna-se enfadonho
Ele chega de soslaio
Assusta como um estalo
Mas a sua imagem não vai embora rápido
E fica em demorado
Forçando a mente em mal embalo
Melhor é mudar o foco
Sair do sufoco imposto
Mentalizar outro ponto
Focalizar em outro plantio
O coração então fica aquecido
E nesse ato corajoso
Até mesmo audacioso
De mudar todo o contexto
É dominado o arremesso
Revitalizado 
Em todo o conjunto do texto
(Eneida Freire)
06/08/2015




Somos Nossos Próprios Senhores

*
Cores
Setores 
Favores
Fatores
Coisas boas e de horrores
Que fazemos por nós mesmos
Somos nossos próprios senhores
Melhores ou piores
Diversas as doses
Tornamo-nos melhores
Atentos, embora sensíveis
Menos impressionáveis
Mudanças prováveis
Antes inimagináveis 
Agora possíveis
(Eneida Freire)
05/08/2015
*