domingo, 10 de maio de 2015

Camaleão

*
O camaleão 
Da mudança não abre mão
Como se mudasse sempre de opinião
Mas na verdade não
Ele induz à inversão
À lógica contrária, outra disposição
Uma ligeira confusão
Para conduzir à própria conclusão
Passando desapercebido, mudando a percepção
De uma objetiva situação
Disfarçando o campo de visão
Para possibilitar melhor atuação
Atenção
Mude o ângulo de visão
Da realidade, melhor apreensão
Siga a sua intuição
(Eneida Freire)
23/04/2015
*

Nenhum comentário: