terça-feira, 21 de abril de 2015

Infeliz é o Ser

*
Infeliz é o ser
Que em vez de bem querer
Satisfaz-se com um mal proceder
Um ser que em vez de bendizer
Parece que tem o prazer
De botar tudo a perder
Infeliz é o ser
Que pensa que só por seu querer
Sobre todos os outros tem poder
E que todos haveriam de ceder
E assim cegamente lhe obedecer
Sem nenhum pensamento tecer
E um sim imediato responder
Sem analisar para escolher
Infeliz é o ser
Que não se põe a perceber
Que tudo de melhor iria acontecer
Se se permitisse compreender
Que cada qual tem seu empreender
E dentro do seu poder
Algo para os outros teria prazer em fazer
Mas dentro da sua condição de tecer
Infeliz é o ser
Que prefere o mal querer
Que se apraz em reter
O de pior para crer
Esse um dia vai ver
Que o bem quando invade o ser
Faz seus limites romper
E põe o mesmo a transcender
(Eneida Freire)
02/04/2015
*




Nenhum comentário: