terça-feira, 30 de dezembro de 2014

Há Tanta Coisa Nessa Vida...!

*
Há tanta coisa boa
Há tanta coisa que destoa
Há coisa que desafina
Há coisa que nos desatina
Há coisa que não se afina
Há coisa que não se acerta 
Que destoa do que se procura
Mas há tanta coisa boa
Há loa que se entoa
Há elogio que contagia
Há louvor que se celebra
Há gabo que edifica
Há cantiga que vangloria
Que exalta a própria vida
(Eneida Freire)
22/12/2014
*

segunda-feira, 29 de dezembro de 2014

Eu Busco

*
Eu busco
Procuro a sabedoria do Universo
Pondero
Examino e até faço verso
Verifico
Estudo o que pode ser positivo
Exploro
Cultivo as boas sementes em campo
Tiro proveito 
E me farto do melhor efeito
(Eneida Freire)
21/12/2014
*

sábado, 27 de dezembro de 2014

Caminho ao Sucesso

*
Dia em que me folgo
Trabalho dobrado
Intenso
Dinamizado
Gostaria de um descanso
Mas ainda não posso
Embora saiba, um dia alcanço
Mas por hora trabalho
É o melhor que faço
Quanto mais me esforço
Caminho ao sucesso
(Eneida Freire)
20/12/2014
*

sexta-feira, 26 de dezembro de 2014

Arrematando e Renovando

*
O ano vai se acabando
E todo o mundo vai remando
A vida arrematando
Acomodando
Concluindo
Ciclos se fechando
E outros vão se abrindo
Embora o corpo cansado
Mesmo assim vamos sorrindo
E os caminhos vão se abrindo
(Eneida Freire)
19/12/2014
*

quinta-feira, 25 de dezembro de 2014

Em Dez Minutos

*
Dez minutos para espairecer
Para reviver
Para fortalecer
Ao menos dez minutos para adormecer
Para bons momentos reviver
Para a alma fortalecer
Em dez minutos pego no sono
Mas em dez minutos dele não me desapego
E com ele me envolvo
Mantenho o foco
A algo me prendo
Em contraponto me liberto
(Eneida Freire)
18/12/2014
*

O Esforço do Momento

*
Fazendo muita coisa
Em pouco espaço de tempo
Aquele que se esforça
Dinamiza o momento
Agiganta a contento
Um instante, um ponto no tempo
Então os tempos idos
Não se tornam mais queridos
Ficam um tanto perdidos
Desapercebidos
Distanciados
Pois seus mistérios foram desvendados
Nossos caminhos clareados
A beleza, o mundo evidenciado
(Eneida Freire)
15/12/2014
*

terça-feira, 23 de dezembro de 2014

Realiza!

*
Reaja
Intensifica
Renova
Isso é uma dica
Se fortifica
Torna-se ativa
Então tudo se modifica
Melhor a cada dia fica
Se ajuda
Se complementa
Se reinventa
Realiza!
(Eneida Freire)
14/12/2014
*

domingo, 21 de dezembro de 2014

Melhor Que o Encomendado

*
Dia difícil
Com mal e bom compromisso
Preferível o deixa disso
Embora não seja fácil o trabalho
Processa-se um acordo
Como um encargo
Poder dado
Relatado
Percebe-se temporário
Mudança de hábito
Melhor que o encomendado
(Eneida Freire)
13/12/2014
*

sábado, 20 de dezembro de 2014

Janelas da Alma

*
É bom quando se convida
Para resolver a vida
Pois o que a pessoa fixa
Fica
Ela realiza
Acredita
E guarda
Na janela da memória
Que fica em sua história
E diante disso não revigora
Mas para reverter a história
Criemos outra janela na alma
Equilibrada
Desvinculada
Bem trabalhada
Contando outra história
Florida
Metafórica
Iluminada
(Eneida Freire)
12/12/2014
*

sexta-feira, 19 de dezembro de 2014

Produzindo

*
Trabalhando um tanto
Sem perder o encanto
E vai trabalhando
E vai relevando
Vai-se permitindo
Vai-se distraindo
Pensamentos construindo
E finalmente percebendo
Que quanto mais se doando
Mais vai-se produzindo
Do mal se livrando
A vida florindo
(Eneida Freire)
11/12/2014
*

quinta-feira, 18 de dezembro de 2014

Quando?!

*
E quando vem a tristeza?
E quando a beleza se envolve com a tristeza?
E quando a tristeza chega e tira toda a beleza?
E quando e onde o sentido da existência?
E quando não se vê a vida apaixonada?
E quando não se sente pela vida enamorada?
E quando a vida parece enviesada???
É hora de dar uma guinada!
É quando se necessita de benevolência!
É quando se reverte em decência!
É quando se faz a maturidade por excelência!
É quando a vida se dá em abundância e magnificência!!!
(Eneida Freire)
10/12/2014
*

quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

Na Simplicidade

*
Na simplicidade
A modéstia invade
Isso é qualidade
Com naturalidade
Em candura, quase ingenuidade
Isso é sinceridade
Na cumplicidade
Uma virtude, em preciosidade
(Eneida Freire)
09/12/2014
*

terça-feira, 16 de dezembro de 2014

Depressão x Congratulação

*
Depressão
Interna pressão
De pensamentos em dispersão
De lembranças
De outras instâncias
Que não voltarão
Pois mude o foco então
Interrompendo essa triste emoção
Saindo da ilusão
Mudando a expressão
Buscando com o bem a comunhão
E fazendo da vida um bênção
Em agradecimento, congratulação
Alcançando a salvação
(Eneida Freire)
08/12/2014
*

segunda-feira, 15 de dezembro de 2014

Correria e Calmaria

*
Constatei o que devia!
Como hoje, todo dia
É dia de corrida
O que se faria
Se num dia 
Não houvesse correria
E noutro a calmaria?!
Nada se aprenderia!
(Eneida Freire)
07/12/2014
*

Eis o Texto

*
Sem texto
Mas com pretexto
É muito contexto
Pra pouco tempo
E quando menos espero
Sei que me esmero
O melhor me reservo
Eu me renovo
E me esforço
Eis o texto
*

Amanhã Melhora

*
A chuva lá fora
Mostra agora
Assim como rompe a aurora
Que ninguém à natureza controla
Que é feliz quem a si consola
Que à toa não chora
Que consigo colabora
Vamos então embora
Melhores que outrora
Firmes agora
Que amanhã melhora!
(Eneida Freire)
05/12/2014

quinta-feira, 11 de dezembro de 2014

Interrompe o Devaneio

*
O que interrompe o devaneio
Certamente é o caminho estreito
É o tiro certeiro
Que nos conscientiza por inteiro
Que nos tira do atalho feito
Que nos mostra o bom caminho eleito
Pelo adequado arbitramento
Em ato heróico
Determinado
Correto
Concreto
Justo
E acabado
Isso interrompe o devaneio
(Eneida Freire)
04/12/2014
*

quarta-feira, 10 de dezembro de 2014

Bem Viver

*
Fazer o que
Senão viver
Deixar cada coisa acontecer
Sem se entristecer
Sem pequenas considerações tecer
Sem esmorecer
O ruim em bem reverter
A própria história escrever
Com a letra mais bonita que puder
Fazer o que
Senão cuidar do bem viver?!
(Eneida Freire)
03/12/2014
*

terça-feira, 9 de dezembro de 2014

Tudo na Medida

*
Um abraço não abraçado
Um sentimento não sentido
Um amigo em desabrigo
Um passo em descompasso
Um acordo desacordado
E assim caminha a vida
Hora se acalma
Hora se agita
O bom é fazer tudo na medida
(Eneida Freire)
02/12/2014
*

segunda-feira, 8 de dezembro de 2014

O Melhor da Neblina

*
Uma manhã com neblina
Para processar o que a vida ensina
Para melhorar a sina
Pois o bem a si destina
O melhor se descortina
Àquele que não se lamenta
Que por qualquer coisa não se atormenta
Àquele que se reinventa
Que bem se direciona
Sinaliza
Sua direção firma
E assim se afirma
A atenção canaliza
Analisa
Reflita
Aproveita
O melhor da neblina
(Eneida Freire)
01/12/2014
*

domingo, 7 de dezembro de 2014

Proveito do Dia

*
Normalmente escrevo no fim do dia
Para relatar qual foi a fatia
Mas acabo escrevendo sobre o que me enfastia
Ou sobre o que me encantaria
Hoje escrevo quando o dia se inicia
Para mostrar o que me animaria
Mas mostro o que me entedia
Numa manhã sombria
Em que o sol não se mostraria
Aproveito então a calmaria
Percebendo que assim o dia
Me favoreceria
Quando então eu aproveitaria
A mente tranquilizaria
E a minha verdade resgataria
Então o proveito do dia
(Eneida Freire)
30/11/2014
*

sábado, 6 de dezembro de 2014

Parceria

*
Parceria
Energia exclusiva
Oferece ao indivíduo
Um calor, um abrigo
Que repele o que é estranho
Que mostra o amor num tamanho
Difícil de mensurar
Melhor é se apurar
A energia purificar
Lembrar de agradecer
Com a boa energia se afinar
E o bem se afirmar
(Eneida Freire)
29/11/2014
*

sexta-feira, 5 de dezembro de 2014

Reforço Positivo

*
A vida é assim, eu digo
Necessita-se de um incentivo
Precisa-se de um reforço positivo
Busque sempre um bom motivo
Para ser proativo
Busque sempre o exercício
De ser gentil e agradecido
(Eneida Freire)
28/11/2014
*

quinta-feira, 4 de dezembro de 2014

A Vida é um Jogo

*
A vida é um jogo
Cansativo
Exaustivo
Em outras horas, festivo
A vida é um jogo
Um fogo
Um sufoco
Em outras horas, gostoso
(Eneida Freire)
27/11/2014
*

terça-feira, 2 de dezembro de 2014

Eu Vencerei

*
Então eu nem sei
Nem sei o que direi
Nem sei porque me desmotivei
Acontece que reverterei
E o farei
Porque vigiei
E não deixei
O mal vencer
Eu vencerei!
(Eneida Freire)
25/11/2014
*

segunda-feira, 1 de dezembro de 2014

Ponto de Equilíbrio

*
Energia
Quem diria
Que nos felicitaria
A mente se equilibraria
O coração se voltaria
Para o bem que a si faria
Aquele que se harmonizaria
(Eneida Freire)
24/11/2014
*