quinta-feira, 16 de outubro de 2014

Exigente!

*
Estou muito exigente
Não quero gente
Não quero presente
Quero simplesmente
Ver a vida andar pra frente
Não aguento ver tanta gente
Passar pela vida a arrastar corrente
Estou muito exigente
Quero uma alegria frequente
Distância de gente demente
Não quero mais essa gente
Que não me deixa ficar sorridente
A cólera não é conveniente
Revitalizo, pois, a minha mente
E a alegria se aproxima imoderadamente
Tempestivamente
(Eneida Freire)
09/10/2014
*

Nenhum comentário: