terça-feira, 28 de outubro de 2014

Ajo e Reajo

*
Algumas coisas, carrego
Outras coisas, arrasto
É fato
Mas o fato
É que a nada me entrego
Com algumas coisas, ainda me estresso
Com outras coisas, sossego
Mas nada me 'finca o prego'
Porque sou do mundo
Não nego
Mas somente a coisas boas me apego
Não fico ali assentada
Apagada
Diante da empreitada
Boto a mão na massa
Não me faço justiceira
Mas também não sou prisioneira
Ajo e reajo conforme minha própria bandeira
Defendendo minha nação inteira
(Eneida Freire)
21/10/2014
*

Nenhum comentário: