sábado, 15 de fevereiro de 2014

Corrente

*
A pessoa que arrasta corrente
Usa frequentemente
Do sofrimento da mente
E passa a acreditar 
Que não pode levitar
Que não pode melhorar
A pessoa que arrasta corrente
E o faz voluntariamente
Não é com a vida coerente
Pois deveria agir habilmente
Até mesmo sabiamente
Não agindo desconsoladamente
Mas vangloriando o que sente
Sendo seu próprio beneficente
Agindo em seu favor, caridosamente 
(Eneida Freire)
08/02/2014
*

Nenhum comentário: