terça-feira, 4 de fevereiro de 2014

Com Uma Pitada de Sal

*
A vida é como um festival
De loucuras 
E coisa e tal
Muito antes do carnaval
Já há barulho descomunal
A alegria é colossal
Mas a vida 
Se for desmedida
Não será verdadeiramente sentida
Faltará em contrapartida
Aquela pitada de sal
Coisa que um mortal
Poderá providenciar
E assim deverá fazer
Para seu efetivo prazer
(Eneida Freire)
28/01/2014
*

Nenhum comentário: