quinta-feira, 19 de dezembro de 2013

Equivalências e Ambivalências

*
Chuva que chove
Cor que colore
Choro que chora
Sorriso que sorri
A vida é assim
Equivalências e ambivalências sem fim
(Eneida Freire)
12/12/2013
*

Nenhum comentário: