quinta-feira, 10 de outubro de 2013

É Muito Fácil

*

É muito fácil
Exigir sem cuidar
É muito fácil
Deixar no vácuo
É muito fácil
Empurrar para o buraco
É muito fácil
Fazer estrago
É muito fácil
Ser omisso
E não encarar um compromisso
Deixar de lado
O seu próprio serviço
É  muito fácil
Ficar afastado
Do problema criado
Quero ver assumir
Tudo o que há de vir
E colher
Tudo o que foi plantado
Tudo o que escolher
Cuidar do porvir
(Eneida Freire)
03/10/2013
*

Nenhum comentário: