quarta-feira, 31 de julho de 2013

Há Alguns Dias

*
Há alguns dias
O inverno 'cismou' que é verão
Há alguns dias
O calor apresentou-se então
Há alguns dias
Não se sabe qual é a estação
Há alguns dias
O tempo não tem razão
Há alguns dias
Não se sabe se será frio ou não
(Eneida Freire)
24/07/2013
*

terça-feira, 30 de julho de 2013

Tipicamente Atípico

*
Mais um dia atípico
Tipicamente inédito
Assustadoramente simbólico
Diferente de um fato histórico
Não é característico
Mas é um dia atípico
Parecendo artístico
Nada autístico
Bem interativo
Tipicamente atípico
Diferenciado
Inusitado
(Eneida Freire)
23/07/2013
*

segunda-feira, 29 de julho de 2013

A Vida Convida

*

A vida convida
Mesmo cinza
Simples
Não colorida
Mesmo assim
A vida convida
Embora às vezes
Pareça assim
Que a vida não convida
Torna-se aflita
Mas a vida convida
Mesmo a quem não acredita
A vida convoca
Provoca
Outras vezes
Até intima
Mas a verdade
É que a alegria
É para nossa serventia
Avalia!
Se sirva!
A vida convida!
(Eneida Freire)
22/07/2013
*

domingo, 28 de julho de 2013

Personalidade

*
Hoje me sinto um personagem
Mas não me importo 
Com qualquer bobagem
O que me importa 
De verdade 
É que eu me sinta à vontade
Uma convicção 
Que pra muita gente
Só se mostra mais tarde
Afirmar 
O próprio personagem
Afirmar 
A própria personalidade
(Eneida Freire)
21/07/2013
*

sábado, 27 de julho de 2013

Uma Pessoa Estranha

*
Eu me descobri uma pessoa estranha
Não sou preta
Não sou branca
Sou castanha
Eu me descobri uma pessoa estranha
Mas haverá quem seja preta ou branca?
Nunca se descobrirá essa façanha
Eu me descobri uma pessoa estranha
E com certeza eu sou castanha
Façanha mesmo seria saber
Porque as pessoas se estranham
Seja ela preta, branca ou castanha
Isso sim é coisa estranha
(Eneida Freire)
20/07/2013
*

sexta-feira, 26 de julho de 2013

Paixão Desenfreada

*
Uma paixão desenfreada
Tende a ser ultrapassada
Exageradamente alimentada
É sempre mal deliberada
E torna-se alienada
Uma paixão desenfreada
Tem pouco de coisa amada
Muito tem de vaidade
Pouco cultiva a verdade
Uma paixão desenfreada
Pouco de amor
Pouca caridade
Tende a não ter validade
Tende a não ser validada
(Eneida Freire)
19/07/2013
*

quinta-feira, 25 de julho de 2013

Junto e Misturado

*
Já estamos daquele jeito
Tudo junto e misturado
E quando assim fica difícil
Cada um virar para um lado
Cada um seguir outro passo
Já estamos daquele jeito
Tudo junto e misturado
Não dá mais pra sair disparado
Não dá mais pra pensar separado
Já estamos daquele jeito
Tudo junto e misturado
(Eneida Freire)
18/07/2013
*

quarta-feira, 24 de julho de 2013

Não Alimente a Vaidade

*
Não alimente a vaidade
Alegando caridade
Principalmente 
Em detrimento
De uma prioridade
Não alimente a vaidade
Tirando de outra parte
Não tem validade
Não alegue benevolência
Diante da displicência
Não alimente a vaidade
Diante da fatuidade
Senão faço alarde
(Eneida Freire)
17/07/2013
*

terça-feira, 23 de julho de 2013

Eu Preciso Falar

*
Eu preciso falar
Para entender
E professar
Eu preciso falar
Para compreender
Para processar
Eu preciso falar
Aclamar
Sobre a vida versar
Eu preciso verbalizar
Eu preciso 'poemar'
(Eneida Freire)
16/07/2013
*

domingo, 21 de julho de 2013

Dia Claro

*

Dormi muito
Mas não dormi tudo
Abri os olhos
O dia claro
Limpo
Extraordinário
Eu precisava me levantar
Para o dia aproveitar
Dia bonito assim
Dá imenso bem estar
(Eneida Freire)
14/07/2013
*

sexta-feira, 19 de julho de 2013

Alento

*
Tem gente que não me ajuda
Que não se ajuda
Que se confunde
Mas em nós infunde
Um respeito profundo
De que nesse mundo
Todo o mundo
Todo o conjunto
Está em desenvolvimento
E nesse envolvimento
Alcança o sentimento
Servindo nesse momento
Oferecendo alento
(Eneida Freire)
12/07/2013
*

quinta-feira, 18 de julho de 2013

Intempéries

*
As intempéries
Ah, as intempéries
Espero que não temperem
Espero que não nos tirem do sério
Ah, as intempéries
São coisas sérias
Mesmo que venham em série
Como um vendaval
Mas só nos fazem mal
Se nos expomos ao temporal
(Eneida Freire)
11/07/2013
*

quarta-feira, 17 de julho de 2013

Tempo Curto

*
Meu dia está muito curto
Isso eu não 'curto'
Não dá tempo de quase nada
Em meio a tudo que se espalha
Fico mesmo abismada
Mas sou obstinada
Saio em disparada
Mesmo que de uma grande fornada
Saia quase nada
Mesmo que eu fique cismada
Não fico parada
Sou resolvida
Assumo a empreitada
(Eneida Freire)
10/07/2013
*

terça-feira, 16 de julho de 2013

Corri Muito

*
Corri muito
Num sentimento profundo
De dar conta de tudo
Corri muito 
Sem fazer barulho
Sem provocar tumulto
Sem gerar esbulho
(Eneida Freire)
09/07/2013
*

segunda-feira, 15 de julho de 2013

Aperitivo

*
E um dia cansativo
Que não é impeditivo
De fazer aperitivo
E sair feliz ainda
Isso é muito sugestivo
Em definitivo
(Eneida Freire)
08/07/2013
*

domingo, 14 de julho de 2013

Se Você...

*
Se você perdoou
Você superou
Então amou
Se não superou
Você também errou
Não se estabeleceu
No mal se estabilizou
Então perdeu
Não fique no 'se'
Faça algo por si!
(Eneida Freire)
07/07/2013
*

sexta-feira, 12 de julho de 2013

Escrever Poema

*
Escrever poema
Não é um desfilar problema
É descrever um tema
Escolher um emblema
E fazer poema
Escrever poema
É soltar um dilema
É montar um esquema
Para uma vida plena
Escrever poema
Pode ser simplesmente
Dizer o que sente
Para acalmar a mente
(Eneida Freire)
05/07/2013)
*

quinta-feira, 11 de julho de 2013

Tudo Muda

*
Tudo muda
O mundo muda
As pessoas mudam
Coitado de quem se entreva
E não se atreve a mudar
(Eneida Freire)
04/07/2013
*

quarta-feira, 10 de julho de 2013

Dia Fechado

*
O dia amanheceu fechado
E o coração?
Qual a situação?
O coração não restaria neste estado
Fechado
O tempo armado
Parece tudo parado
Mas encontremos um aliado
Precisa-se estar movimentado
Não restar estagnado
Mas também não sejamos exaltados
Para sermos bem amparados
(Eneida Freire)
03/07/2013
*

domingo, 7 de julho de 2013

Celebre!

*
Tempo corrido
Cansativo
Embora alegre
Até mesmo célebre
Que cada um se alegre
E a vida celebre!
(Eneida Freire)
30/06/2013
*

sexta-feira, 5 de julho de 2013

Pense Bem

*

Pense bem
Valorize o que você tem
E não troque 
Por qualquer vintém
Pense bem
Pense em quem
Nada tem
Pense bem
Pense no que te sustém
E fique bem
Pense bem
(Eneida Freire)
18/06/2013
*

quinta-feira, 4 de julho de 2013

Anunciar e Denunciar

*

Anunciar
E denunciar
O que se quer mudar
Deixar de ficar
De braços cruzados
Não restar
Apenas Indignados
Hoje, corações inflamados
Não vale à pena destruir
Mas vale à pena se posicionar
Para melhor construir
(Eneida Freire)
26/06/2013
*

quarta-feira, 3 de julho de 2013

A Vida é Feita de...

*

A vida é feita de marcas
De sinais
Que se reconheça
A vida é feito um portal
Feliz de quem o reconheça
A vida é feita de compasso
Consistente em firme traço
A vida é feita de esquadro
Para desenhar em ângulo reto
A vida é feita de traços
Conosco análogos
(Eneida Freire)
26/06/2013
*