quarta-feira, 19 de setembro de 2012

Alternâncias


*
Alternâncias
Entre o bem e o mal
O temporal e o atemporal
Entre o noturno e o matinal
Alternâncias
Entre a bondade e a saudade
Entre o dormir e o acordar
Para com a realidade lidar
Alternâncias
Entre a música e a não-música
Entre a lógica e a discórdia
Fazendo a vida compassar
Alternâncias
Entre dissonâncias
Bonanças
Alianças
Mudanças
Lembranças
E por aí vai...
(Eneida Freire)
18/07/2011
*

segunda-feira, 17 de setembro de 2012

Águas Cristalinas


*
Água cristalina
Coisa linda
É como flutuar
Deixar o barco levar
Poder ver os peixes
Os transparentes
Os multicolores
Mergulhar os pés
E pelas águas
Vê-los através
Pensar em inteirar
Em se aventurar
Ou nem tentar
Só descansar
Nessas águas cristalinas
Turistas
São visitas
Passeio procurado
Até invejado
Nada incomoda
Tudo se acomoda
Naturalmente
Displicentemente
Águas cristalinas
Em mar
Verdadeiro recanto ecológico
Verdadeiro despropósito
De tão lindo
E vamos indo
Saudosos
Em pensamento
O problema é acordar
A qualquer momento
(Eneida Freire)
06/07/2012
*