sexta-feira, 30 de setembro de 2011

Aprender a Viver


*
A vida é um aprendizado
É fato
Demora-se a aprender
Que aprender é bom
Aprender a viver
Passa pelo âmbito
Passa pelo hábito
Do respeito próprio
Condição primeira
Para adequação à vida
Aprender a viver
É aceitar
Algumas vezes
Sem entender
Ou sem questionar
Ou questionar
E não compreender
Aprender a viver
É se conhecer
Aprender a viver
É gostar da lição
Vê-la como útil
Ser sutil
E é fácil
Ver como útil
O que é prático
E a vida é prática
Aprender a viver
É entender
A praticidade da vida
Mas só se aprende a viver
Tratando tudo
Com deferência
A vida necessita de reverência
(Eneida Freire)
23/06/2010
*

sábado, 17 de setembro de 2011

De Corpo Inteiro


*
De corpo inteiro
A gente se encara
Frente a frente
Todos os dias
A gente ousa
Se enfrenta
Diante do espelho
Todos os dias
De corpo inteiro
E há de ser assim
Pois num dia
O belo é a curva
Noutro dia
O belo é a linha
(Eneida Freire)
12/11/2010
*

quarta-feira, 14 de setembro de 2011

Agitação e Entusiasmo


*
Agitação
Perturbação
Foge o entusiasmo
Parece sarcasmo
Não conseguimos escrever
Não concatenamos idéias
E então paramos
Tentamos acalmar a mente
Senão ficamos doentes
Paramos
Para continuar depois
Na loucura do dia a dia
Cuidando da perspectiva
Uma alternativa
Fazendo o atrasado
Deixando algo de lado
Tomando as rédeas da situação
Senão...
Fazemos o que gostamos
Para a vida aprontamos
Da expectativa gostamos
O dia preparamos
Sem hipocrisia lutamos
E quando da agitação
Sem intenção
Não nos sobra tempo
Em nenhum momento
Para o entusiasmo
Embora necessário
Para enfrentarmos
Os desafios
E a agitação
Tem hora que toca
E não invoca
O entusiasmo
Decorrente da agitação interna
O entusiasmo hiberna
E sem agitação
Não há entusiasmo
Tentamos acalmar a mente
E escrevemos loucamente
Embora agitação ainda constante
E vibrante
Não nos deixa sossegar
Não deixa a mente parar
Roda como um disco
Arisco
Ininterruptamente
Concatenamos então
Entusiasmo e agitação
Modernizamos nossos métodos
Reorganizamos nossas rotinas
Conseguimos eficiência
Nessa agitação imensa
E então no entusiasmo
E força da alma
Finalmente
Em nossa mente
A satisfação se instaura
(Eneida Freire)
24/06/2010
*

terça-feira, 13 de setembro de 2011

Questão de Ponto de Vista


*
Dar chance ao tempo
Dar tempo ao tempo
Coisa que não funciona
Sempre à frente de nosso tempo
Fazemos nosso próprio tempo
Sem receio de ousar
Queremos a tudo controlar
Questão de ponto de vista
Há tempo de plantar
Há tempo de colher
Há tempo de apresentar
Há tempo de vender
Há tempo de dar
Há tempo de receber
Permitimo-nos receber?
Questão de ponto de vista
Gostamos de cores
Então vemos tudo colorido
Ou vemos tudo mais colorido
Porque gostamos de cores?
Questão de ponto de vista
A vida é mais tranqüila
Porque a vemos em festa?
Ou é a vida vivida em festa
Que torna tudo mais tranqüilo?
Questão de ponto de vista
Podemos ficar deslumbrados
Podemos deixar as coisas acontecerem
Desejamos conquistar
Desejamos ser conquistados
Permitimos ser conquistados?
Questão de escolha
Questão de ponto de vista
E há o tempo de receber
Coisa difícil de aceitar
De esperar
Mais fácil é fazer
Mas melhor ainda é ver
A vida como espetáculo
Questão de ponto de vista
Homenageá-la ou não
Buscando o que há de bom
Dentro de si
Em construção
(Eneida Freire)
10/08/2010
*

segunda-feira, 12 de setembro de 2011

Beleza Esteticamente Perfeita


*
A beleza retrata
Harmonia de formas
Estética que trata
Do belo
E não apenas dele
Mas também do sentimento
Que faz nascer em virtude
De algo com que se contacta
Beleza esteticamente perfeita
Expressão da forma mais simples
De sentir
De conceber a vida
Expressar-se assim
Revelar-se
A própria auto-estima
O charme individual
O realce
Do que se tem de melhor
Do diferente
Do diferencial
Belo
O charme de cada qual
Independente de padrão
Tudo é real
Também é belo
O que não é óbvio
A valorização da cultura
Que oferece auto-estima
Consistente
Beleza real
Que o tempo não consome
Não ofusca a mente
Não se vê minimamente
Furtivamente
A bagagem permanece
Indefinidamente
Pode-se ser simples
Nessa beleza extrema
Em charme
Em magnetismo
Sutilezas
De belezas
Química
Segredo natural
Incrivelmente
Simplesmente
Simplesmente incrível
(Eneida Freire)
21/10/2010
*

sexta-feira, 9 de setembro de 2011

Para Colorir


*
Para colorir
Usa-se o coral
Coral colore um dia cinza
Uma cor para um bom dia
Nada melhor que um bom dito ‘bom dia’!
Nada melhor que alguém pensar em você
E simplesmente querer te dizer ‘bom dia’!
Isso é colorir
E como é bom alguém colorir seu dia!
E não precisamos de muito para colorir...
Sim, bom humor é requisito
Senão fica tudo esquisito
O coração fica aflito
Melhor é colorir
Colorir o mundo
Colorir a alma
A natureza contribui
Estilistas bem humorados contribuem
Para colorir
Precisa-se guardar a infância na alma
Para colorir
Precisamos ter calma
Para colorir, não importa
Se a maioria é cinza
Se o céu está nublado
Se a flor de cactus não se abre
Pois ela está ali
Aguardando o sol para se abrir
Aguardando a oportunidade de se abrir
De se mostrar
De colorir
Se a maioria for cinza
Você não precisa seguir
Porque sempre é hora de colorir
E se colorida não se encontrar sua alma
Com certeza é hora de parar
E refletir
Para colorir
(Eneida Freire)
11/08/2010
*

quinta-feira, 8 de setembro de 2011

Dormir é um Sonho


*
Quero dormir
A vida sentir
Melhor
E sem esforço
Sem horário para acordar
Um dormir até acordar
Sem o despertador tocar
Um sono saudável e leve
Sem picos de concentração
Entregar-me ao sono
Dormir, um sonho
Repousar
Conservar-me imóvel
Um dormir com
Um dormir para
Ou simplesmente dormir
Sem nada de mim exigir
Vejo muita luz na minha frente
Mas o corpo é mais fraco que a mente
Ele precisa descansar
Acontece que ocorre o pior
A mente também está cansada
Fatigada
Necessitando se tranqüilizar
Relaxar...
Dormir é mesmo um sonho!
(Eneida Freire)
22/12/2010
*

segunda-feira, 5 de setembro de 2011

Verossímil


*
Verossímil
Preferível
Verdadeiro
Pé no chão
Preferível
Roupas confortáveis
Alimentos saudáveis
Calçados estáveis
Analisar
E crer
Em bem estar
É bem provável
É crível
Verossímil
Melhor provar
Experimentar
Provável
É o que pode acontecer
Melhor não prever
E tentar
E experimentar
Cada peça
Uma obra poética
Uma realidade
Um postulado fecundo
Identidade com a estética
Escolhas particulares
Cada qual com sua verdade
A fantasia é particular
A verdade de cada um
O verossímil peculiar
O particular da fantasia
Visto como impossível
O autêntico verossímil
O impossível
O verossímil
Uma fantasia possível
É preferível
Crer no impossível
Do que no que se vê possível
E que na verdade
Seja inacreditável
(Eneida Freire)
10/11/2010
*