sábado, 3 de julho de 2010

Enlevo

*
Hoje em um enlevo
Era dia de poesia
Em um torpor
Em magia
Na verdade
Um dia em poesia
Algo que dignifica
Posto que inebria
Uma noite bem dormida
Uma alma em poesia
E então
O frescor contagia
A mente desanuvia
*
01/07/2010