quinta-feira, 3 de junho de 2010

Ousadia

*
Ousadia
Uma verdade
Para sobreviver
Ousadia
Por natureza
Uma destreza
Esmerar-se
Na sutileza
Necessidade
Da praticidade
Da harmonia
Mesmo na ousadia
Frente e verso
Algo diverso
Ousadia intrínseca
Na veia
Algo genético
Ou neurológico
Acreditar em si mesmo
Sustentar-se num visual
Retrata personalidade
Peculiaridade
Transmite confiança em si mesmo
Ousar sair do comum
Liberdade de se expressar
Combinações para chocar
Ousadia
A combinação
Combina com a pessoa
Tudo é coisa boa
Não causa tanta estranheza
Tudo é pureza
Sem exagero
Sem desespero
Fugir do comum
Não há perigo algum
Numa ousadia
Ninguém é igual a ninguém
Cada um faz o que lhe convém
O que se faz na vida
E com a vida que se leva
Expressar-se tal qual se é
Ousadia
Julgamento estarrecedor
Nada indicador
Das vestimentas
Quais evidências
Referências
Coleciona em sua vida
A hipocrisia
De uma massa não pensante
Não imune a críticas
Não devemos nos anular
Em função da massa inculta
Que só dificulta
Qualquer consulta
Normalmente os que criticam
São os que se anulam
E não possuem a coragem
Nem a ousadia
De serem eles mesmos
Faça da sua mente uma oficina
Trabalhe em favor de si mesmo
Ouse ser você mesmo
Ouse fazer
E ser o que gosta
Na verdade
Todos querem ser cool
Incremente sua arte
Incremente sua vida
Viver é uma arte
A maior de todas
Uma ousadia
*
18/03/2010

8 comentários:

Fabrício Santiago disse...

Olá, desculpe invadir seu espaço assim sem avisar. Meu nome é Fabrício e cheguei até vc através do Blog do Jefh. Bom, tanta ousadia minha é para convidar vc pra seguir meu blog Narroterapia. Sabe como é, né? Quem escreve precisa de outro alguém do outro lado. Além disso, sinceramente gostei do seu comentário e do comentário de outras pessoas. Estou me aprimorando, e com os comentários sinceros posso me nortear melhor. Divulgar não é tb nenhuma heresia, haja vista que no meio literário isso faz diferença na distribuição de um livro. Muitos autores divulgam seu trabalho até na televisão. Escrever é possível, divulgar é preciso! (rs) Dei uma linda no seu texto, vou continuar passando por aqui...rs



Narroterapia:

Uma terapia pra quem gosta de escrever. Assim é a narroterapia. São narrativas de fatos e sentimentos. Palavras sem nome, tímidas, nunca saíram de dentro, sempre morreram na garganta. Palavras com almas de puta que pelo menos enrubescem como as prostitutas de Doistoéviski, certamente um alívio para o pensamento, o mais arisco dos animais.


Espero que vc aceite meu convite e siga meu blog, será um prazer ver seu rosto ali.


Abraços

http://narroterapia.blogspot.com/

Phivos Nicolaides disse...

Oi amiga Eneida! Boas palavras poema bonito. Bjs

Hipinose disse...

olaaa
adorei o texto...lindo
quanta ousadia!!!
bjss
quando puder passa no meu vitrinehipinose.blogspot.com

jefhcardoso disse...

Sim, viver é uma arte, uma ousadia. Sinto muita coragem quando sonho. Meus sonhos são poderosos e perigosos, podem realizar-se a qualquer momento. (sorrio).

Obrigado pela atenção ao meu blog!

Jefhcardoso

Grasi disse...

OI QUERIDA...
PASSADINHA PRÁ TE DESEJAR UM COMEÇO DE SEMANA SUPER ILUMINADO :)
BJÃO

Kakau4ever disse...

vc que escreve?
mt lindo
bjokss flor

Phivos Nicolaides disse...

A Força Que VOCÊ ESTÁ NA Precisa Energia do Seu Animo! "Bem, acertadamente palavras com significado. Bjs

Eneida disse...

Adorei os comentários!!!
Agradeço muito!!!
Beijos!!!