sábado, 17 de abril de 2010

O Cotidiano e a Nostalgia

*
Todos os dias
Os fatos se sucedem
Monotonia
Fujo do cotidiano
Rotina mínima
A minimamente necessária
De resto, inventar
E reinventar a cada dia
Uma viagem
Um livro
Novas perspectivas
Renovar
Para promover
Expansão da consciência
É um caminhar
E um retornar
Um retomar
Dá-nos bem-estar
A nostalgia
Por vezes faz bem
Cotidiano
Em qualquer plano
Inclusão social
Tudo normal
Estarmos inseridos
No contexto social
De forma integrada
No jogo da vida
Preferência nostálgica atendida
Consolo emocional necessário
Um cotidiano aceitável
Sabores antigos
Reconhecidos
Jamais esquecidos
Apegos
Desapegos
Agrado emocional
Floreia o cotidiano
O moderno em parceria
Num contraponto inédito
Revisitado
O antigo alterado
Conforme o contexto social
Sendo o vintage exceção
O novo
A novidade
Como no cotidiano
A nostalgia
*
29/03/2010

2 comentários:

Betty Gaeta disse...

Que lindo! Um blog de poemas.
Os poemas são seus? Se são, parabéns.
Bjkas e um bom final de semana.

Eneida disse...

Betty, obrigada!
Os poemas são meus sim!
Beijo!