sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010

Ausência

*
Ausência
Afastamento
Pois ali se deveria encontrar
Coração apertado
Vendo uma exuberância
Estando limitado
Enciumado
Chateado
A ausência não nos deixa felizes
Não nos deixa tranqüilos
Sentimos falta
Ficamos saudosos
Mas nada como um dia
E outro dia
E tudo se torna ótimo
E tudo fica tranqüilo
E superado
*
14/02/2010

Nenhum comentário: