domingo, 27 de dezembro de 2009

A Vida Não Sabe

*
A vida não sabe nada
Do que sinto agora
Ela não sabe nada
Da minha dor agora
A vida não sabe o tanto
Que eu preciso
Do seu amor agora
A vida não sabe o tanto
Que eu preciso
Do seu sorriso agora
A vida não sabe
Nem mesmo
Que eu preciso
Da sua impaciência
Dos seus conflitos
A vida não sabe
Que eu preciso de tudo isso
Mas eu sei que amo a vida
Mas eu sei que quero a vida
Mas eu sei que estou só aqui
A chuva cai
E sinto-me assim...caindo...
Mas a vida não sabe...
*
04/12/2009

Falar

*
Falar é bom
Falar é importante
Falar do medo
Falar da vida
Falar do amor
Falar demonstra intensidade no viver
É bom ver a vida intensa
Sentir seus medos
Seus temores
Seus amores
Falar
Caminhar
Caminhar com passos firmes
E serenos
Vale à pena
Vale à pena vivenciar
Cada detalhe
De um amor infinito
Vale à pena
Cada gota de orvalho
Cada gota de suor
É bom amar
É bom falar
É bom viver
É bom viver a vida
É bom viver em vida
É bom viver pela vida
É bom falar da vida
Com amor
*
04/12/2009

Construindo o Caminho

*
Construindo o caminho
Colocando a mão na massa
Definindo nosso estilo.
Definindo nosso destino
Construindo o caminho
Não ficar atento apenas ao estímulo
O externo, nem sempre nos é certo
Apesar de o presente ser sempre um desafio
Necessário se faz termos planos para o futuro
Construindo o caminho
Avaliando a nossa obra, a nossa construção diária
Permitindo-nos usar de tudo o que a vida nos oferece
E peneirar o que nos apetece
E ver do que realmente carece
Construindo o caminho
*
27/12/2009

terça-feira, 22 de dezembro de 2009

Cultivar

*
O que se quer cultivar
Uma amizade
Uma flor
Um amor
Há que se cuidar
Há que se espreitar seu desenvolvimento
E ficar atento
Dar carinho
Ter sinceridade
Isso é cultivar
Ter Respeito
Oferecer dedicação
Servem de adubo
Fazer nascer
E desenvolver
E até mesmo
Florescer
Fazer render
Multiplicar
Isso é cultivar
*
22/12/2009

sábado, 19 de dezembro de 2009

Ter Confiança

*
Perdoar-se
Por não responder
Por não corresponder
Quanto ao mais lindo
Que se tem
Que se escreve
Precisar que se faça
Que se tenha
A confiança
Fiança conjunta
Devolver-se
A confiança perdida
A confiança em você
A confiança na vida
Nos propósitos bons
Perder-se muito
Perder-se a vida
Perder-se na vida
Perder-se a confiança
Os medos são grandes
Tornar-se inseguro
Medo da caminhada
Devolver a confiança
Pois se assim não for
Será truncada
A caminhada
Ou não será caminhada
Ter paciência
Ter confiança
Se esquecer
Os detalhes
Perde-se a oportunidade
De se saber
Como é bom
Compartilhar
Partilhar vida
Confiar
Valorizar cada passo
Em um compasso
Ritmado
Confiante
Valorizar cada carinho
Do caminho
Cada detalhe
Todos os detalhes
Ter confiança
Até na vontade
Recíproca
Em intensidade
E quantidade
Ter confiança
Na oportunidade
Na vida plena
Que se apresenta
Sem confundir-se
Sem relutar
Ter confiança
De que o amor é possível
De ter felicidade plena
De ser feliz plenamente
Sem vacilar
Sem duvidar
Porque a vida
Caminha por si só
O tempo urge
E podemos nos perder
Precisar confiar
Pra não ver
O amor como impossível
Fundamental
Ter confiança
*
04/12/2009

Fazer Valer

*
Cada detalhe
É lindo
Gosto muito
Fazer valer
Valer à pena
Permanecer na vida
Permanecer pra sempre
Fazer valer à pena
Valer à pena viver
O resto dos dias
Lado a lado
Dos detalhes
Viver os detalhes
Os pequenos
Os grandes
Os nossos
Acreditar
Que vale à pena
Acreditar
No amor
Além da vida
Fazer valer
*
04/12/2009

É Assim

*
É assim que se caminha
Tentativas
Conversas
Esperanças
Decisões
Preocupações
É assim
Abrir-se
Dividir-se
É assim que se caminha
Me importo
Com a vida
Com o dia
Com os problemas
É assim
Meu desejo
Eu desejo
É assim
Que desejo
A caminhada
Compartilhando
Um ajudando o outro
Um reerguendo o outro
Um auxiliando o outro
Posso pouco
Mas posso muito
É assim
*
04/12/2009

Letras Pequenas

*
Letras Pequenas
Dificeis de ler
Dificeis de entender
Mesmo quando
Pequenas as letras
Faça-se entender
Embora haja dificuldade
No entendimento
Na harmonização dos sentimentos
Na compreensão
Da dimensão dos sentimentos
É fundamental cuidarmos
Amarmos intensamente
Beijarmos delicadamente
Letras pequenas
Gestos grandes
Em cada detalhe
*
04/12/2009

Adoro Cores

*
Adoro Cores
Corações
Vidas
Corações coloridos
Vidas coloridas
Alegres vidas
Corações alegres
Adoro cores
Vontade de viver
Vontade de escrever
Escrever uma bela história
Uma história de vida
Escrever colorido
Palavras coloridas
Alegram a vida
Adoro cores
*
04/12/2009

Lapso de Amor

*
Lapso lamentável
Decorrer o tempo
Sem ter amor
Sem dar amor
Descuido
Erro
Engano
Embora involuntário
Sem um meu amor
Por isso escrevo
E reescrevo
Lapso de amor
Um meu amor
Meu amor colorido
Assim
meu amor meu amor meu amor meu amor meu amor meu amor meu amor meu amor meu amor meu amor meu amor meu amor meu amor meu amor meu amor meu amor meu amor
meu amor meu amor meu amor meu amor meu amor
*
04/12/2009

Crença

*
Sempre será assim
Minha vida
Meu amor
Será sempre
Uma crença
Será infinito
Não duvide nunca
Dessa crença
Da magnitude do amor
Da beleza da vida
Da pureza do amor
Uma crença
Só existe pureza
Em uma vida
De amor
Medo da solidão
No amor
Não por não acreditar
Ser correspondido
Não é isso
Medo
Pelo seu medo
De não crer
Que valha a pena
Sim, eu acredito
Medo
Da solidão
Nessa crença
*
04/12/2009

Feliz Hoje

*
Espero
Ser feliz hoje
Noite maravilhosa
Momento ímpar
Estado presente na vida
Presente da vida
Fico feliz
Por estar feliz hoje
Linda noite
Noite de paz
Abençoada
Literalmente
Coração aquecido
Frio lá fora
Fico feliz
Tranquilamente
Caminhada longa
Não carece correria
Ver a vida é bom
Viver a vida é fato
Fico feliz
*
04/12/2009

Sim Para Tudo

*
Quando dizemos
Sim para tudo
Muitas vezes
O sim pára tudo
Tem-se o retrato
Da felicidade que se sente
Ao ter o que se deseja
Estar em êxtase
Em todo o tempo
Estar feliz
Sentir-se abraçado à vida
Sentir-se colado a ela
Maravilhosamente entrelaçado
Visceralmente
Espiritualmente
Sentir-se cheio de vida
Sentir cheiro de vida
Por todo o corpo
Perfume na alma
A sós conosco
Maravilhosa vida
Sim para a vida
Sim para tudo
E quando assim
O sim pára tudo
*
09/12/2009

quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

A Chuva Convida

*
A chuva convida
Mas tem gente que fica nervosa
Mas tem gente que fica calma
Tem gente que tem agonia
Tem gente que tem paciência
Mesmo assim
A chuva convida
Convida a respirar fundo
Convida a termos paz
A chuva convida
Convida a lermos um livro
Convida a lermos o nosso coração
*
09/12/2009

sexta-feira, 11 de dezembro de 2009

Cuidado

*
Tudo o que é cuidado
É pensado, refletido
Felicidade que se entenda
E principalmente que se perceba
O cuidado
E que o diga
Pois fazer-se entender
É feito conseguido
Cuidado
Posicionamento
Impulsivo
Instintivo
Na defesa da vida
Felicidade por perceber-se
Sem agradecer
Apenas dizer
Amar a vida
Toda e para sempre
Aprovar tudo
Uma vida em outra vida
Para o resto da vida
Cuidado
Sem possessividade
Amor pela vida
Muito e enorme
Cuidado
*
02/12/2009

Força de Expressão

*
Força
Expressão
Manifestação do pensamento
Dor
Lágrimas
Comoções e sentimentos
Tristes formas de expressão
Apenas e tão somente
Querendo dizer que se quer tudo
O bom e o que vier de ruim
Na alegria ou na tristeza
Entendido e esperado
Sem enfraquecer o outro
Apenas revelar cuidado
Não somente força de expressão
Dizendo tudo o que se percebe
Falando e reforçando
Deleitando e agradecendo
Exteriorizando pensamentos
Personificação
Da força de expressão
*
02/12/2009

Dar de Si

*
Ora aproveitar
Ora equivocar-se
Querer
Dar de si
Sorrisos
Lágrimas
Dores
Desejos
Paz
Querer
Dar de si
Em todo o dispor
Em todo oferecimento
Em todo desprendimento
Necessito
Cada gota
Cada brilho de luz
Dos olhos
Reflexo da alma
Do espírito
Dar de si
Entender-se a dimensão
Do que se tem a oferecer
Em coisas simples
Enorme afeto
Alimento
Em corpo e espírito
Significado importante
Dar de si
*
02/12/2009

Perder-se

*
De fato
Me perco
Confiar
Não duvidar
Policiar-se
Vigiar-se
Para não perder-se
Em egoísmo
Perder-se
No sentimento
Grandioso sentimento
Perder-se no cuidado
Excessivo cuidado
Expressivo cuidado
Perder-se em excessos
Cuidar-se
Para não perder-se
Para não perder-te
Para não perder as conquistas
Lado a lado
Para não perder as conquistas
Em relação à vida
Para não perder-se
*
02/12/2009

Reflexo Triste

*
Reflexo no outro
Dobrar-se em si mesmo
Reflexo de que
Reflexo de quem
Reflexo do próprio espelho
Reflexo triste
Reflexo difícil
Reflexo distante
Refletindo de longe
Refletindo lindamente e longe
Reflexo sofrido
Refletindo na multidão
Reflexo perdido
Reflexo em divagações
Reflexo triste
*
07/12/2009

Um Querer

*
Um querer desenfreado
Um querer desmedido
Um querer demasiado
Um expandir de energia
Fazendo de todos os momentos
Mesmo que poucos e pequenos
Algo extremamente sublime
Mente
Corpo
Espírito
Integrados
Algo tântrico
Iluminados
Muito além do óbvio
Um querer
Abençoado
*
01/12/2009

segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

Resolver-se

*
Dissolver
Solucionar impasses
Maneira fácil
Forma simples
Paciência
Disposição para ouvir e falar
Ao coração
Exatamente assim
Garantindo
Que a energia flua
Disposição para que dê certo
Quando dois lados querem ficar bem
Não há como não haver entendimento
Energia gigantesca
Canalizada
A nosso favor e benefício
Resolvendo-se
*
01/12/2009

Domar

*
Domar
Admirar
Falar
Segredar
Não é fácil
Ou antes
Muito difícil
Exige-se muito
Uma dose estupenda
De amor
Paciência
Dedicação
Pureza de sentimentos
Água
Água pura
Transparência
Definitivamente
Domar é refrear impulsos ruins
Para sobressair
O que se tem de melhor
*
01/12/2009

Necessidade

*
Necessidade
O que vemos como tal
Deve ser domada
Dominada
Enfim vencida
Mas é muito bom senti-la
Quando delicada
E quase tão delicada
Quanto à vida
Uma flor de pêssego ou maracujá
Que são delicadas e lindas
Doces e especiais
Tanto quanto a vida
E necessitamos delas
E necessitamos da vida
Inevitavelmente
Necessariamente
Conforme a capacidade de conquista
Necessidade na vida
Ver o que os outros não enxergam
Necessidade
De não haver concorrência
*
30/11/2009

Um Bem

*
Sentir um bem
Ficar em paz
Compartilhar
Beneficiar-se
Um dia indefinido
Abafado
Não se sabe se sai sol
Ou se chove
Mas um bem
É o frescor de um novo dia
Bom e lindo dia
Um bem
Merecemos um dia maravilhoso
Merecemos um bem em virtude
Falar-se em um bem
Pensar-se propriedade
Tendência natural
Exercício de um domínio
Um bem
Utilidade
Para se ficar bem
Para estar bem
De modo bom
Conveniente
Um bem
*
02/12/2009

domingo, 6 de dezembro de 2009

Entendimentos

*
Estudarmos para entendermos
Procurarmos uma resposta
Colocarmos tudo grandioso
Em seu digno lugar
Provocarmos entendimentos
Pois o que se há de bonito
Não pode ficar em erro
Entendimentos
Facilitam a caminhada
Fazem-nos aceitar a caminhada
Entendimentos
De que a energia é pura
E nos permitirmos
Permitirmo-nos entender
Atendermos às expectativas
Entendimentos
Antes de tudo
Dizermos tudo
Para nos compreendermos
Para nos fazermos compreender
Lunáticas divagações
Passíveis de serem reais
Pois o futuro não pode ser lunático
Queremos um futuro real
Sentimo-nos dignos
Sentimos a vida digna
Entendimentos
Dos quais não duvidamos
O que queremos para a vida
Ninguém duvida
Vermos sem defeito a vida
E dizermos isso a todo instante
Queremos
E queremos dizer muito
E queremos entendimentos
Em todo momento
Procuramos entender a vida
Por muito querermos a vida
E com mais satisfação
Sabê-la compreendida
*
30/11/2009

Misto de Desejos

*
Entendendo-se
Às vezes assim
Um misto de desejos
O querer é grande
Tudo é maravilhoso
Conversar
Aprender
Ler
Desejo de força
Também há
Confessando
Humildemente
Gostar de se impor
Pedindo perdão
Seguir aprendendo
E compreendo
Entendo o desejo
Compartilhado
Gosto pelo estudo
Procurando respostas
A uma situação toda
A uma energia toda
A um misto de desejos
*
30/11/2009

Há que se Cuidar

*
Pra cuidar
Tem que refletir
A cabeça acompanhar
O que se quer da vida
O que se quer fazer
Há que se atentar
E cuidar
Pois não se pode dar
Mais do que se tem
Tudo o que se pode dar
Até parece pouco
Caminho em prejuízo
Há que se cuidar
E vigiar
Estar atento
E considerar
O realmente importante
E zelar
Pelo bem estar
Isso é cuidar
*
30/11/2009

Queria Tanto

*
Queria tanto
Ouvir a voz da vida
Antes de dormir
Fiquei pensando
Fiquei esperando
Queria tanto
Queria ter falado mais
Queria dizer mais coisas
Fica sempre uma coisa a dizer
É sempre assim
Queria dizer
Sei lá
Que amo a vida
Coisas assim
Queria tanto
Acho que disse pouco
Acho que me expressei pouco e mal
Sabe
Eu queria tanto
E gosto tanto da vida
Que gosto até mesmo
Quando a vida briga comigo
E a carência pra dizer é grande
E também me falta sempre tempo
E volto a dizer
Queria tanto
Gosto tanto
E sinto tanta falta
E há tanta coisa
Que queria dizer e não digo
Mas queria tanto
*
30/11/2009

Desejo Maior

*
Seja lá
Anseio
Cobiça
Ou apetite
Desejo que não se consegue conter
No íntimo, em seu ser
Desejo de caminhar
Desejo de aprender
Não querer outra forma de andar
Que não seja nos passos da vida plena
Não querer outra forma de amar
Que não seja o amor pela vida
Não querer outra vida
Que não seja o lado bom da vida
Desejo maior
A vida
*
30/11/2009

Repetir

*
Pedir
Demonstrar que se quer
Repetir
Pedir de novo
Mostrar que se quer de novo
Dizer ou fazer de novo
Redizer
Dizer que ama
Que ama muito
Passar assim o resto dos dias
Sendo repetitivo
E em sendo repetitivo
Amando
Eu amo
Saboreando
A sabedoria de repetir
As mesmas histórias
Os mesmos assuntos
As mesmas idéias
Repetir
Pedir de novo
*
30/11/2009

Urgência

*
Urgência
Pressa
Brevidade
Aperto no coração
Necessidade imediata
É bom sentir-se necessário
É bom um atendimento urgente
É bom sentir a mesma urgência
Sentimos a força vital, a alma
Conjunta e juntamente nascida
Que de tão intensa e idêntica
Parece a mesma
Parece a alma
Parece a mesma
Parece alma-gêmea
Em que se socorre
Em que tudo se explica
Em que se espera
Até mesmo debaixo de chuva
Em caráter de urgência
*
01/12/2009

Pensamentos

*
Pensamentos
Combinações de Idéias
Dormir pensando na vida
Acordar com a vida
Passar o dia em plena vida
Dormir com um bom boa noite
Levantar com um belo bom dia
É muito bom viver
E viver em vida plena
É melhor ainda
Ainda que sentindo saudades da vida
É bom
Viver a vida
Pensar a vida
Um sonho encantado
*
01/12/2009

sábado, 5 de dezembro de 2009

Culpa ou Escolha

*
Problemas sortidos
Uma coisa boa compensa outra coisa ruim
Culpa
Ato repreensível
Violação de um dever
Escolha
Seleção feita
Com base no discernimento
Altos e baixos
Independentemente da escolha
Culpa é conseqüência
De se ter feito
O que não devia fazer
Ou de não ter feito
O que deveria fazer
Escolha
Vontade própria
Embora a conseqüência
De não se caber
Conforme a escolha
Tudo muito complicado
Sentir-se culpado
Embora a escolha
Espera ansiosa
Que tudo se acabe
Que a vida chegue
Plena e sem culpa
Livre na escolha
Pois quando se escolhe
Agarra-se à causa
Luta-se por ela
Pra que ela dê certo
Pra que tudo funcione
Pra que a vida flua
Na culpa ou na escolha
Independentemente de qual seja
*
29/11/2009

Calor

*
Calor
Forma de energia
Sol quente
Muito calor
Muito suor
Bastante quente mesmo
Mas agarramos a vida
Enrolamo-nos nela
Intensamente
Nem o sol
Nem o calor
Tampouco o suor
Distanciam-me
Do bem
Da vida
Nesse momento
Nesse calor
*
29/11/2009

Céu Carregado

*
Céu carregado
Deve ser conduzido
Realmente carregado
Céu cinza
Com cara de fome
Com cara de sede
Com cara de que vai chover
Céu carregado
Que recebeu carga
Que carrega eletricidade
Mas os pássaros insistem
E cantam
Porque não fazemos o mesmo?
Porque não carregamos o céu?
*
30/11/2009

Vestimenta

*
Vestimenta
Posicionamento
Como se vê a vida
Como se sente a vida
Como se vive a vida
Personalidade
Eloqüência
O simples torna-se sofisticado
No corpo adornado
Ornamentado
O belo torna-se maravilhoso
No corpo ilustrado
Intuitivamente
Vestimentas encantam
Palavras encantam
Tamanho sentimento
Que tudo isso exala
*
02/12/2009

Mesma Língua

*
Pra se entender
Tem que falar a mesma língua
Tem que fazer um esforço
Pra se compreender
E ser compreendido
Conversando
Entendendo-se
Acertando-se
Entendemos o outro
Entendemos a gente mesmo
Não ter medo do outro
Não temer a gente mesmo
Entender-se
Falar a mesma língua
Teses profundas
Reflexões
O que se tem medo e sufoca
O que se deseja e te faz feliz
Falar a mesma língua
Ou equivocar-se
*
23/11/2009

Sabor

*
Uma fruta
Cheiro e sabor
Escolhida e separada
Conforme o cheiro
Conforme o sabor
Conforme o teor
Sentir um pouco
Saborear
O suficiente
Deliciar-se
Cautelosamente
Cuidadosamente
Fartar-se
Sem passar mal
Comedidamente
Atentamente
Maravilhosamente
Vigilantemente
Saborosamente
*
23/11/2009

Chegada

*
Chegar
Chegar-se
Achegar-se
Aconchegar-se
Atrair-se
Festejar a chegada
Matar a saudade
Sem ainda ter lido
A vida que se escreveu
Chegada
Hora importante
Esperando
E esperança
A vida
Que se acendeu
Ainda mais
E tanto mais
E gosto assim
E desse jeito
Falando tudo
E muito
E quero muito
A chegada
Todos os dias
E o fim do dia
Falando de desejos de vida
Beijando a vida
Logo na chegada
*
23/11/2009

Nome

*
Chamar pelo nome
Distinguir-se
Chamar pelo nome agora
Gostoso é falar
Gostoso é saber
Que se sabe exatamente do que se fala
Embora ache que fale demais
Com o dever de conter-se mais
Mas o nome designa o ser
O distingue
E conforme se chama
Denuncia a fama
Que se torna chama
E torna-se um “eu”
De tão íntima
De tanto que te nomeio
De tanto que chamo a vida
Pelo nome
*
23/11/2009

É Bom Ter

*
É bom ter
Nos braços os abraços
Absolutamente
É bom sentir a vida
É bom senti-la minha
Toda minha
É bom ter sentimento bom
Pequeno ou grande
Dá pra fazer cheiro
Saborear
Como manga
Manga rosa, suavidade
Manga espada, força
Suavidade, fortaleza e vigor
É bom ter vontade
Saudade demais
Vontade demais
É bom ter?
Nem sei o que é pior
O desejo ameno e distante
Ou a vontade louca e estonteante?
É bom ter?
O que fazer?
Me diz?
Sinceramente não sei
Mas da saudade
E da vontade grande eu sei
É bom ter
*
23/11/2009

Tudo Bem

*
Dia bom
Bom dia mesmo
Tudo correu bem
Dia maravilhoso
De paz e realizações
Dia de paz e harmonia
Tudo bem
Dias definitivos
Provas constantes
Esforços diários
Tranqüilidade almejada
Organização e estrutura
Tudo bem
Mente pacificada
Iluminada
Abençoada
Tudo bem
*
23/11/2009

quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

Harmonia e Paz

*
Harmonia
Paz
Tranqüilidade
Brilho da vida
Como uma vela
Brilhando
Iluminando
Como um abraço
Abraço apertado
Muito apertado
Bastante mesmo
Só sentimento
Toda aflição
Se desfaz em pó
Energia forte
Presença de paz
Apaziguadora
De espírito e coração
Aguardando todos os dias
O abraço da chegada
Sem aflição
Com paz no coração
Iluminado
Protegido
Em paz
Em harmonia
*
22/11/2009

Coração

*
Falar de si
Falar do coração
Rir-se
Chorar-se
Curar-se
Ficar tudo bem
Coração em paz
Combinados
Energia da alma
Coração dentro de cada peito
Combinados trocados
Cuidados
Acalentados
Protegidos
Quando aflito
Coração a ser decifrado
Se saudade
Se falta
Desligamento do mundo
Ficar aéreo
Coração desnudo
Sem disfarce
Normal para quem ama
Sofrido
Entendido
Sentido
Compartilhado
*
22/11/2009

Sufoco e Melhora

*
Coração sufocado
Coração apertado
Um querer saber
Saber se está bem
Saber-se bem
E se está tudo bem
Inquietação
Feição carregada
Sentir-se longe da vida
Ansiedade
Urgência
Distância da vida
Olhando a vida
Eu melhoro
Fazendo o possível
Eu melhoro
Harmonizando
Eu melhoro
Carinho, amor, carinho, carinho, carinho
Eu melhoro
*
22/11/2009