sábado, 14 de novembro de 2009

Nunca Deixar

*
Uma vez falei
E determinei
Que nunca mais
Deixaria a vida
Passar desapercebida
Ponto pacífico
Em minha vida
Nem que queira
Me afastar da vida
Não o faria
Prometi
Nunca deixar
Caminho
Insistentemente
Da maneira que tiver pra caminhar
Em paz
Prometi
Nunca deixar
Princípio básico e simples
Pessoalmente
Vou esperar
Sempre esperar
Faço e farei
O resto da vida
Ponto tranqüilo
Nunca deixar
*
09/11/2009

Nenhum comentário: