sexta-feira, 20 de novembro de 2009

Glamour

*
Em situação
Sem nenhum glamour
Desprovida de encanto
Sem exercício de nenhum fascínio
Sem servir-se de nenhum charme
E ainda assim encantar
E ainda assim fascinar
Poderá sentir-se em privilégio
Poderá vangloriar-se
Entender-se em lisonja
Sob a própria adulação
E compreender
Que tudo isso
É o próprio glamour
*
15/11/2009

Um comentário:

Carlos Augusto disse...

É muita beleza pra isso tudo..
E pelo visto você tem o "gramour" interno tambem...

Felicidades e sucesso

jazzecafe.blogspot.com
to te seguindo, segue o meu... até