domingo, 4 de outubro de 2009

Ciúme

*
Ciúme não é coisa boa
Nunca foi
Nunca trouxe coisa boa
Cuidado, sim, é bom
Ciúme de quê?
Ciúme de quem?
Não há a menor condição
Estou tranqüila, como gosto de ficar
De ficar aqui
Eu necessito de estar aqui
Falo baixinho
Não preciso sentir ciúmes
Nunca deixei de estar aqui
Nunca houve ninguém.
*
03/10/2009

Nenhum comentário: